Idosa de 93 anos saiu do hospital e dormiu na rua durante dois dias

Uma mulher de 93 anos a quem foi passada alta hospitalar após quatro meses internada a recuperar de um AVC, foi encontrada por uma associação de apoio aos sem abrigo, sem família, a dormir na rua.

Segundo conseguiram apurar os voluntários do grupo Anjos Amigos, a mulher, que será de Bragança, fugiu do alojamento que lhe tinha sido disponibilizado pela Segurança Social após ter tido alta do hospital.

A mulher pernoitou na Rua de Fernandes Tomás, numa zona onde se concentram alguns sem-abrigo. 

O INEM foi chamado ao local depois dos voluntários terem percebido que a mulher apresentava poucos sinais vitais.

Foi transportada para o hospital onde foi efetuada a triagem, estava com algumas possibilidades de estar a repetir o mesmo acidente vascular cerebral, garante a associação no Facebook.

“Fomos contactados por uma assistente social a agradecer-nos, porque já andavam à procura da senhora há dois dias, ela tinha fugido do alojamento”, contou António Barreiros, voluntário dos Anjos Amigos, que duas vezes por semana prestam apoio aos sem-abrigo do Porto. Cristiana Teixeira acrescentou que os voluntários voltaram a ser contactados e informados de que a idosa estava a receber tratamento no hospital e que, após a alta, seria realojada.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas