Rui Pinto acusado de extorsão e continua em prisão preventiva

Detido há 6 meses, Rui Pinto foi hoje acusado pelo Ministério Público dos crimes de extorsão na forma tentada e acesso ilegítimo no âmbito do Caso Doyen. Caso não fosse acusado até ao próximo domingo teria de ser libertado.

Desta forma continuará em prisão preventiva enquanto durar a fase de instrução e um eventual julgamento.

A par de Rui Pinto foi também acusado Aníbal Pinto, advogado e conhecido adepto do FC Porto.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas