Porto: redução da emissão dos gases com efeito de estufa

A Cidade do Porto está a reduzir a emissão dos gases com efeito de estufa de uma forma mais sustentável.

Segundo o jornal Porto.pt, a emissão de gases com efeito de estufa (GEE), tem vindo a diminuir de uma forma sustentável nos últimos anos, no Município do Porto. O ano de 2017 para 2018 atingiu uma redução de valores que rondam os 8,7%.

O Relatório Anual de Energia e Emissões do Município do Porto 2020, produzido pela AdEPorto – Agência de Energia do Porto indica que o setor que mais contribuiu para esta grande redução nos últimos anos foi dos Edifícios e dos Transportes.

Este relatório também conclui que esta redução da emissão dos GEE tem vindo a ser feita de forma sustentada, o que demonstra a eficácia de todas as medidas implementadas pelos municípios do Grande Porto.

No setor dos Edifícios viu-se um maior impacto na redução do GEE porque houve uma menor utilização de eletricidade e também porque este vetor é cada vez menos poluente pela integração das Energias Renováveis na sua geração.

A diminuição que ocorreu no setor dos Transportes, deve-se a uma maior utilização dos transportes públicos por parte dos portuenses, em vez de usar o seu transportes individual. Uma outra razão foram todas as campanhas e ofertas feitas pela STCP e pelo Metro do Porto.

O Município do Porto aderiu, no ano passado, ao Pacto dos Autarcas para o Clima e Energia, comprometendo-se a reduzir as suas emissões até 2030 em 50% face a 2004.

A AdEPorto considera que apesar de todas estas reduções devem-se continuar a implementar novas políticas que contribuam mais para as energias renováveis, tanto para o setor dos Edifícios, como nos Transportes.

Foto: Portal de Inverno

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas