Cartaz Cultural – semana 16 a 23 de novembro

Iniciamos o Cartaz Cultural desta semana com o dia 17 de novembro a apresentar “Aconteceu no Oeste – Homenagem a Ennio Morricone”, pelas 15 horas e 19 horas no Rivoli. O seu preço é de 7 euros.

Um filme tão colossal como os seus cenários com Monument Valley, tão eminente como o seu notável elenco, tão forte como se imagina o Velho Oeste. Henry Fonda: interpresa a personagem mais obscura da sua carreira, Frank, o implacável psicopata sanguíneo que não sente qualquer tipo de remorso depois de aniquilar uma família inteira.

  • 17/11 a 21/11 – “O Balcão”
                      Local: Teatro Nacional São João
    Horário: 17/11 – 19 horas
                                              18/11 – 19 horas
                                              19/11 – 19 horas
                                              20/11 – 19 horas
                                              21/11 – 10 horas, com linguagem gestual
                     Preço: 16 euros a 48 euros

    O Balcão joga-se no interior de um bordel de luxo, espaço confinado, atravessando por ecos de uma revolução em curso. Esta peça densifica alguns dos temas em circulação, como a claustrofobia, revoluções, entre outros temas.
  • 18/11 – “Rosa Crucificação”
          Horário: 18/11 – 18h30 e 20h30
                          19/11 – 18h30 e 20h30
          Duração: 45 minutos
          Classificação: M/ 18 anos

    Este é o corpo unificado em quatro decisivos solos de Mónica Calle, que desenha um arco temporal de 28 anos. Aqui a criadora e interprete revisita, questiona e atualiza um corpo de trabalho.
  • 19/11 – “Douglas Melo – Fome de Lama”
               Local: Teatro Carlos Alberto
               Horário: 19/11 – 19h30
                              20/11 – 19h30
             Preço: 7 euros
             Classificação: M/12 anos

    Fortemente inspirada pelo trabalho de José de Castro, “Fome de Lama” é uma performance de circo que propõe explorar o equilíbrio interno e externo do Homem na corda bamba. Cercado e suspenso nas cordas, busca libertar-se da permanente luta pela sobrevivência.
  • 19/11 – “Joana Martins – Entre-lugar”
              Local: Teatro Carlos Alberto
              Horário: 19/11 – 19h30
                              20/11 – 19h30
               Preço: 7 euros
              Duração: 20 minutos
               Classificação: M/12 anos

Há um balanço de um trapézio que se assemelha a um metrónomo. No silêncio, uma mulher vestida de branco carrega um emaranhado de corda. Habita entre o céu e a terra e liga dois polos.

  • 19/11 – “Leonardo Ferreira – Errance | Freq. #1”
              Local: Teatro Carlos Alberto
              Horário: 19/11 – 19h30
                              20/11 – 19h30
              Preço: 7 euros
              Duração: 45 minutos
              Classificação: M/12 anos

    É a história de um ser que se aproxima com o que se define por figura masculina, vindo de uma frequência atípica e de um passado vivido à hora atual. O tempo desenrola-se sobre si mesmo e a sua perceção não retém a ordem cronológica do termo. Errance significa vaguar, trata de uma trajetória infinita, onde a renovação e a descoberta de um terceiro mundo gravita numa atmosfera densa e hipnótica. Absurdas e trágicas consequências vem degenerar a dança e o gesto acrobático, resultante de conflitos instaurados pelo diálogo entre o corpo e a matéria.
  • O dia 20 trás “Conversas pós espetáculo com Filipe Caldeira – no âmbito da Mostra Estufa”, pelas 20h45 no Teatro Campo Alegre.
  • Também no dia 20, Mafalda Veiga estará ao vivo no Super Bock Arena, pelas 21 horas. O seu preço varia entre os 10 a 20 euros.
  • 20/11 – “Beethoven Pastoral – Orquesta Sinfónica do Porto Casa da Música”
               Horário: 19h30
            Local: Casa da Música
               Preço: 7, 50 euros (25% cartão amigo)
               Duração: 1h15
          Classificação: M/12 anos

Sinfonia n.º 6 de Beethoven foi escrita em 1808 como uma evocação da Natureza e da vida campestre, espelhando as imagens e os estados de espírito que a elas associamos. Ao longo de cinco andamentos, evoca o despertar de sentimentos de alegria pela chegada ao campo, um episódio junto a um riacho, uma alegre reunião das gentes do campo e uma violenta tempestade seguida de um cântico pastoril.

  • 21/11 – “Marta Bernardes e José Valente – os figos são para quem passa”
               Local: Rivoli
               Horário: 11 horas
              Preço: 2,50 euros para crianças e grupos escolares e 7 euros para adultos
               Duração: 40 minutos
               Classificação: M/3 anos

    Esta é a história de um urso que no principio do mundo, no tempo em que todos caminhavam sem levar nada consigo, resolve esperar, sem arredar pé que os frutos da figueira fiquem maduros e prontos a serem comidos. Marta Bernardes faz a leitura encenada do livro de José Gomes de Abreu. Acaba, também, por desafiar os mais novos.
  • 21/11 – “Ruge”
               Local: Teatro Sá da Bandeira
               Horário: 20h30
              Preço: 10 a 16 euros
            Classificação: M/16 anos

    O mais recente projeto de Rodrigo Guedes de Carvalho, um encontro de poesia e música no cruzamento entre a palavra escrita, cantada e falada. Ruge é um espetáculo sobre o amor e tudo em volta. Nasceu da paixão pelas palavras, que se juntaram em frases, que depois cresceram e se transformaram numa urgência para ser dita e escutada. Há dramas e desabafos e riso mal escondido nas ironias.
  • Dia 21 estreia nos cinemas “Little Mix: LM5 – The tour Filme”

    LM5 é o seu 5º álbum de estúdio e dá nome a este filme. Gravado numa sala de espetáculos, o filme percorre a carreira do grupo com um set de 19 grandes sucessos.
  • 22/11 a 29/11 – “Afinal quem é a Mãe Natal – o musical”
                              Local: Teatro Sá da Bandeira
                              Horário: 11 horas
                             Preço: 10 euros a 12,50 euros
                          Classificação: M/ 3 anos

    Este musical acontece na semana anterior ao Natal e a azáfama é muita na fábrica do Pai Natal: as cartas não param de chegar e, como sempre, a pressão é muita. Mas quando tudo parece estar a correr bem, um vírus informático ataca e a confusão instala-se. Só resta uma esperança: a Mãe Natal. Será que ela vai conseguir salvar tudo? Uma história de coragem e resiliência que irá tocar o público de uma forma muito intima.
  • 22/11 – “Selva Sinfónica – primeiros concertos”
               Local: Casa da Música
               Horário: 10h30
               Preço: 10 euros (Criança + adulto) e 7, 50 euros para o segundo acompanhante

    Uma oficina onde a parte sensorial da música está presente: são texturas, são paisagens sonoras, são viagens pela sinfonia da selva, repletas de peripécias. Vamos conhecer melodias de bichos e aprender músicas sobre animais, numa verdadeira aventura, num safari musical

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas