Corpo de vítima de covid entregue à família errada

A troca de identidade de duas idosas com covid-19 está a causar grande revolta numa família de Fânzeres, Gondomar.

As duas utentes do Lar de São Lázaro, no Porto, deram entrada no Hospital de Santo António, mas apenas uma acabou por falecer.

Segundo avança o Jornal de Noticias, o corpo foi entrega à família da outra idosa, que cremou os restos mortais e realizou as cerimónias fúnebres.

O erro só foi detetado depois da idosa que permaneceu internada regressar a um lar na região do Grande Porto.

A família da falecida Palmira Rocha, de 94 anos, está em “estado de choque” e quer que lhes sejam entregues as cinzas, escreve o referido jornal.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas