Exames adiados e duas provas de aferição canceladas

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, anunciou esta sexta-feira numa entrevista à Rádio Renascença que as datas dos exames sofrerão alterações. 

O calendário escolar foi alterado, devido à pausa obrigatória de 15 dias, o que significa que no final do ano lectivo haverá uma semana extra de aulas, adiando assim de junho para julho e de julho para setembro os exames. 

Relativamente às provas de aferição de Educação Física e de Expressões Artísticas, estas foram canceladas.

“Em concreto, as provas de aferição de Educação Física e de Expressões Artísticas, essas sim, foi decidido não realizar neste momento, também porque se iriam realizar em maio – são as que se realizam mais próximo do momento onde estão – e também pela partilha de elementos e por todas as questões que conhecemos”, explicou o ministro.

Quanto às restantes disciplinas, Brandão Rodrigues diz que ainda é cedo para tomar decisões. 

O novo calendário escolar deverá ser publicado esta sexta-feira.

Notícias relacionadas