Comerciantes detidos por violar confinamento ao manter loja aberta, no Porto

Dois homens, de 32 anos, foram detidos pela PSP, ontem à tarde, por manterem aberta a loja que exploram, na qual vendiam quase dois mil artigos de vestuário desportivo contrafeitos, na rua Cimo de Vila, no Porto.

Segundo o Correio da Manhã, as detenções foram realizadas durante uma operação de prevenção e fiscalização das medidas de controlo da pandemia, que decorreu entre as 14h00 e as 20h00, na baixa da cidade. No estabelecimento, que deveria estar fechado, segundo as normas do confinamento em vigor, os agentes apreenderam 1961 artigos contrafeitos, incluindo camisolas com emblemas de clubes desportivos. 

Os suspeitos foram detidos, o estabelecimento obrigado a encerrar e o caso deu origem ao levantamento de autos de contraordenação.

Durante a operação, foram registadas, ao todo, quatro infrações em estabelecimentos e seis contraordenações no âmbito das medidas de controlo da pandemia de Covid-19.

FONTE: Correio da Manhã

FOTO: PSP

Notícias relacionadas