Junta e empresas solidárias ajudam aqueles que foram afetados pela pandemia

A Junta de Freguesia de Alpendorada, Várzea e Torrão, no concelho do Marco de Canaveses, juntamente com empresas locais, estão a fornecer refeições diárias a todos aqueles que se encontram em dificuldades económicas por causa da pandemia.

A pandemia veio enfraquecer a nossa comunidade, e muitos já não têm o que comer. Neste momento, são servidas 25 refeições diárias a um total de 15 agregados familiares.

Através de serviços de apoio social, a Junta de Freguesia conseguiu identificar situações de carência. De modo a conseguir ajudar estas famílias, a Junta conta com o auxílio dos restaurantes, que levam a comida até estas casas e com os empresários de extração de granito que pagam a conta das refeições. A Junta repõe o montante que possa faltar para liquidar a fatura.

Domingos Neves, Presidente da Junta de Freguesia, apoiou esta medida por ter consciência do ordenado precário com que muito dos seus fregueses sobrevivem.

Numa entrevista dada ao JN, Domingos menciona que a pandemia fez com que “muitas pessoas dignas, que vivem dos seus salários”, estejam hoje em sérias dificuldades económicas.

A situação de carência social complica-se ainda mais quando os apoios estatais estão em atraso. Como bons portugueses em política, o papel é mais importante do que partir para a ação.

“A nossa tarefa é ajudar quem precisa. E quem precisa é hoje, de imediato. Amanhã logo se verá”, repara Domingos.

Em tempos de grandes incertezas, interajuda e solidariedade não podem ser escassos, por isso ver Juntas a apoiar os seus fregueses traz esperança a que juntos consigamos ultrapassar estes tempos sinistros.

FONTE: JN

Notícias relacionadas