Arranca a construção da Linha Rosa do Porto

A linha de metro que vai ligar São Bento à Casa da Música, a Linha Rosa, começou hoje com trabalhos no terreno.

No espaço onde vai ficar a futura estação da Casa da Música II, perto da Rotunda da Boavista, o muro já foi derrubado, a área está a ser limpa e as máquinas já são visíveis. Também ainda já se deu a instalação de estaleiros e de análise arqueológica.

De momento ainda não existe qualquer tipo de condicionamento automóvel. No entanto, na Avenida de França, o avanço das obras causará certas restrições e desvios.

Haverá ainda trabalhos mais relevantes na zona do Hospital de Santo António e da Praça da Galiza, pois esta linha de metro trouxe uma nova fase de investigação arqueológica para a Praça da Liberdade.

Expansão das linhas do Metro do Porto – Imagem: JPN

O desenvolvimento da extensão da Linha Amarela, que visa ligar Santo Ovídio a Vila d’Este, em Gaia, começa a obra quase em simultâneo com a Linha Rosa. Como consequente o parque de estacionamento público na Rua de Conceição Fernandes, em frente ao Centro Hospitalar de Gaia/Espinho, será encerrado. Nuns primeiros tempos, o principal acesso à unidade hospital não terá qualquer desvio, fluindo naturalmente. Nesta Rua de Conceição Fernandes vai se dar início aos trabalhos da saída do túnel que devolverá o metro à superfície.

Os restantes espaços de estacionamento público do hospital continuarão abertos.

Aquando da conclusão da extensão da Linha Amarela um novo parque de estacionamento será construído no lugar deste que encerra dentro de dias.

A empresa Metro do Porto, dada a grandeza desta operação, acertou os difíceis processos deste projeto com a Autarquia, as entidades responsáveis pelo Património e a Agência Portuguesa do Ambiente, entre outras.

FONTE: JN

Notícias relacionadas