Pescadores protestam na Póvoa de Varzim por “multas constantes”

Esta manhã, cerca de 1500 pescadores manifestaram-se na Póvoa de Varzim. “A pesca tem sido desprezada por este Governo e as multas têm sido constantes” afirma João Pacheco, da Associação Viana Pesca.

Hoje, as embarcações não saíram do mar desde Viana do Castelo até à Figueira da Foz.

João Pacheco afirmou que “a unidade de controlo marítimo costeiro está constantemente a multar os pescadores”, e esclareceu, também, que “no Norte o máximo que uma embarcação de pesca faz de dias de mar são 180 dias”.

Acrescentou ainda que “há pescadores que foram multados três vezes numa semana, porque alegadamente o barco não estaria em condições de embarcar e todos os pescadores verificam o equipamento antes de sair para o mar, para o bem deles próprios e de todos”.

O membro da Associação Viana Pesca explicou que “a pesca não é um trabalho com o horário das nove às seis horas” e confessa que sente “um desprezo por parte do Governo, o que faz parecer que querem acabar com o setor primário”.

FONTE: Porto Canal

Notícias relacionadas