Assaltante banido da cidade do Porto

O Tribunal de Santa Maria da Feira condenou esta quinta-feira a sete anos de prisão um homem de 45 anos que estava acusado da autoria de vários assaltos a associações e clubes desportivos nos distritos de Aveiro e Porto. Alguns dos locais assaltados foram a Junta de Freguesia de Nossa Senhora de Fátima, o Centro Social de Aguada de Baixo, o Sporting Clube de Coimbrões, a Casa da Juventude de Guilhabreu, entre outros.

Durante a leitura do acórdão, o juiz presidente disse que o tribunal se convenceu de que o arguido foi o autor de todos os crimes de furto que estão em causa no processo. O arguido, que se encontra em prisão preventiva, foi condenado por 12 crimes de furto, um dos quais na forma tentada, nas penas parcelares que variam entre meio ano e três anos e três meses.

O arguido estava ainda acusado de tráfico de estupefacientes, mas foi absolvido deste crime, por o tribunal ter entendido que a droga encontrada na sua posse se destinava ao seu consumo. Por esse motivo, foi condenado numa contraordenação por posse de estupefaciente, ficando interdito de frequentar durante três anos a cidade do Porto, porque, segundo o juiz, “é o grande fornecedor de droga aqui da região”.

Notícias relacionadas