Este fim de semana há táxis disponíveis para transportar os professores aos centros de vacinação

protocolo estabelecido pelo Município acontece este fim de semana, entre os dias 17 e 18 de abril, no qual os táxis levam professores e pessoal não docente (se assim desejarem) dos 2.º e 3.º ciclos de ensino e se deslocam para os centros de vacinação contra a Covid-19

A vacinação vai ter lugar, em simultâneo, na Escola Básica António Aroso, na Escola Básica do Sol, no Hospital Militar, no Centro de Saúde do Vale Formoso, no PORTIC – Centro de Investigação e Inovação do Instituto Politécnico do Porto, e nas instalações da Escola Superior de Enfermagem.

Segundo os Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) do Porto Ocidental e Oriental, são cerca de 2.500 pessoas, entre professores e pessoal não docente, que vão receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Isto acontece depois de, no fim de semana anterior à Pascoa, terem sido inoculados os professores do 1.º ciclo, os educadores do pré-escolar e todo o pessoal não docente, incluindo também os da escola a tempo inteiro.

Assinado no início do processo de vacinação, o acordo entre a Câmara do Porto e as duas centrais de táxis da cidade – Táxis Invicta e Ráditaxis- já permitiu, desde o dia 9 de março, a realização de mais de duas mil viagens dos munícipes até aos centros de vacinação.

O serviço está disponível através do número 939 955 263 e serão cobrados apenas 2 euros (4 euros se o passageiro optar pelo serviço de ida e volta) pela corrida. É permitida a companhia de uma pessoa na deslocação.

Com a imunização deste grupo, estará concluída a primeira fase de vacinação em Portugal, com todos os membros dos grupos considerados prioritários a terem recebido pelo menos uma dose da vacina.

Fonte: Porto.

Notícias relacionadas