Cartaz Cultural – Semana 20 a 27 de abril

O Cartaz Cultural desta semana inicia-se com:

  • Leituras no Mosteiro”, no Mosteiro São Bento da Vitória, pelas 19 horas. A entrada é gratuita, porém está limitada a 40 pessoas previamente inscritas.

Este momento de Leituras no Mosteiro surge para concluir o ciclo de espetáculos mais marcantes do centenário do Teatro Nacional São João, onde o próprio teatro reúne três peças-problema que estão inseridas no contexto pré-25 de abril. Este espetáculo apresenta, então, “As Bruxas de Salém” de Arthur Miler, “A Espera de Godot”, uma adaptação de Francisco Ribeiro, e “Insulto ao Público”, de Peter Handke.

  • De 20 a 25 de abril “Próspero” estará no Coliseu Ageas do Porto, pelas 19 horas nos dias 20 a 23 e pelas 11 horas nos dias 24 e 25. Este espetáculo tem um valor de 10 euros, com 50% para estudantes e 25% amigos do Coliseu.

A partir de “A Tempestade”, “Tito Andrónico” e “Rei Lear” de Shakespeare, Pedro Galiza e Jorge Pinto criaram um solo. A ideia de um só autor que se enfrenta a um público, recorrendo, quase exclusivamente, a si próprio, ao seu corpo e à sua voz.

  • O dia 21 de abril trás a “Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música”, à própria Casa da Música, pelas 21 horas. Este é um evento que será realizado online.

Aqui será celebrada uma das obras literárias mais importantes do século 20 “Sound and Fury” de William Faulkner. Uma história que será contada a partir da música desta orquestra.

  • Seguindo para o dia 22 de abril “Grigory Sokolov”, pelas 19h30 na Casa da Música. O seu preço é de 18 euros, com desconto de 50% para Juniores e professores e estudantes. Conta, também, com 25% em Cartão Amigo, 20% com Cartão BPI e 15% os Seniores. Este é um evento classificado para maiores de 6 anos.

Este pianista estreou-se a solo com apenas 12 anos em Moscovo e sagrou-se o mais jovem vencedor de concursos de sempre com apenas 16 anos. Os programas que apresenta são cuidadosamente escolhidos e dão lugar a longas sessões de encores.

  • Nos dias 22 e 23 de abril “Please Please Please” decorre no Teatro Carlos Alberto. Este espetáculo tem um preço de 10 euros e decorre, em ambos os dias, pelas 19 horas. A sua duração é de 1 hora e está classificado para maiores de 12 anos.

Este é um espetáculo que reúne coreografias hispano-suiça e francesa com um encenador português numa reflexão sobre a oposição ao poder normativo. Em palco, duas bailarinas-coreógrafas declinam uma galeria de personagens confrontadas com a autoridade e a catástrofe.

  • Ainda no dia 22 existem dois espetáculos no Teatro Sá da Bandeira. Pelas 20 horas “Depois vai-se a ver e nada”, pelas 20 horas.

Este é um espetáculo gratuito mediante reserva de bilhete, cuja reserva máxima por pessoa são 2 bilhetes. A reserva pode ser feita através do email ticketline@ticketline.pt. Trata-se de um programa apresentado por José Pedro Vasconcelos, que chega ao Porto numa gravação muito especial, com convidados especiais – no dia 22 Rui Massena é o convidado e no dia 23 será a cantora Aurea.

O segundo espetáculo “Chorar de rir” decorre pelas 20h30 e está classificado para maiores de 16 anos. Este era já um espetáculo agendado para o dia 4 de março, mas devido ao confinamento imposto pela Covid 19 foi adiado para o dia 22 de abri. Trata-se de uma noite de Stand Up com Nuno Lacerda que com uma atitude descontraída, aborda temas do dia à dia e apresenta a sua opinião sobre os mesmos.

  • No dia 23 de abril, e ainda no Teatro Sá da Bandeira, “Rúben Branco – Será que é desta?”, pelas 20h30.

Rúben Branco está de volta à cidade do Porto e, neste espetáculo, vai descobrir como foi a sua vida durante este segundo confinamento geral.

  • De regresso aos festivais está o Festival Santa Casa ao Vivo, no Super Bock Arena/Pavilhão Rosa Mota. Rui Veloso é quem subirá ao Palco no dia 23 de abril, pelas 20 horas.

Os bilhetes adquiridos para a data anterior são válidos para esta nova data.

  • De 23 a 25 de abril “Jonas And Lander – Bate Fado”. Este é um evento online que decorre pelas 22 horas no dia 23 de abril e pelas 23h59 no dia 25 de abril, no teatro Rivoli. A sua duração é de 1 hora, está classificado para maiores de 6 anos.

A nova criação de Jonas And Lander é um espetáculo hibrido entre a dança e o conceito da música, projetado por cinco bailarinos, uma fadista e três músicos. À semelhança de maioria das correntes urbanas, como o samba ou o flamengo, também o Fado teve danças próprias. Em Lisboa, a que conheceu maior expressão, foi o Fado Batido, uma dança baseada num sapateado energético e virtuoso. Em Fado Batido, o duo de performers e coreógrafos propõem-se a reinterpretar e a recuperar o ato de sapatear o fado. Bate Fado revela-se como o primeiro passo para o resgate da dança que o fado há muito perdeu.

  • Para terminar este dia “Sob o signo de Shoenberg”, pelas 19h30 na Casa da Música. Este evento tem um valor de 10 euros, com desconto de 50% para Juniores e professores e estudantes. Conta, também, com 25% em Cartão Amigo, 20% com Cartão BPI e 15% os Seniores.


  • Nos dias 24 e 25 de abril “Visitações 2021: Liberdade” no Teatro Nacional São João, pelas 10 horas, no dia 24 e 23h59 no dia 25 de abril. Este é um evento totalmente online, com participação gratuita até os 200 participantes.

Em abril celebra-se a Liberdade e, como tal, este projeto-bandeira do Centro Educativo do TNSJ convida alunos do ensino básico, secundário e profissional a conceber trabalhos em torno de um tema livre ou de um autor escolhido através de programas curriculares.

  • Nestes mesmos dias “Os piratas também se apaixonam”, pelas 11 horas no dia 24 e pelas 11h30 no dia 25, no Teatro Sá da Bandeira. Este evento tem um preço de 6 euros e está classificado para maiores de 3 anos.

Um evento para os mais novos, para que possam, também, regressar às salas de espetáculos e ter um dia diferente, com eventos pensados para eles.

  • O dia 24 de abril tem, ainda “Os pais de nono”, na Casa da Música, pelas 12 horas. O seu preço é de 10 euros, com desconto de 50% para Juniores e professores e estudantes. Conta, também, com 25% em Cartão Amigo, 20% com Cartão BPI e 15% os Seniores. Este é um evento classificado para maiores de 6 anos.


  • O dia 25 conta com “Nas Entre Linhas”, pelas 11 horas. Este é um evento online que aborda, pela primeira vez, a Revolução de Abril, questionando a censura e a verdade que, ao acabar ocultada, tem de ser lida nas entrelinhas.


  • Ainda no dia 25, na Casa da Música, “Um revolucionário Italiano”, pelas 12 horas. Este evento tem um valor de 10 euros, com desconto de 50% para Juniores e professores e estudantes. Conta, também, com 25% em Cartão Amigo, 20% com Cartão BPI e 15% os Seniores. Este é um evento classificado para maiores de 6 anos.

Luigi Nino transportou o seu inconformismo para as obras que compôs. A obra apresentada foi escruta num período de amadurecimento pela música e, embora resulte de experiências fascinantes em termos de composição e incorpore as palavras de grandes autores, pode ser apreciada pelo seu mérito sonoro.

  • No dia 26 “Victor Hugo Pontes – os 3 irmãos”, no Rivoli pelas 19 horas no dia 26 de abril, presencial, e no dia 28 de abril pelas 23h59 online. O seu preço é de 9 euros para o evento presencial e 3,50 euros para o evento online. A duração é de 1h30 e está classificado para maiores de 12 anos.

Victor Hugo Pontes coloca em cena três bailarinos imaginados pelo escritor Gonçalo M. Tavares para esta nova criação. Nesta peça, três irmãos vão procurar o rasto dos pais.

  • De 26 de abril a 4 de maio o “FantasPorto 2021” está de regresso, desta vez ao Hard Club.

O Festival Internacional de Cinema vai realizar-se na sala 1 do Hard Club do Porto. O programa pode ser consultado nas redes sociais da organização do evento e serão vendidos 50 passes de participantes, no valor de 50 euros.

  • Também no dia 26 “Orelha de Deus”, pelas 20h30 no Coliseu do Porto. Este é um evento com um preço de 5 euros, duração de 1 hora e classificação de maiores de 12 anos.

Este é um espetáculo organizado pelo Balleteatro onde, num aeroporto imaginário, um casal não avança, nem recua, com medo de prosseguir as suas vidas após a perda de um filho de 10 anos. Refugiam-se num universo próprio, na procura de uma saída sem nunca enfrentarem o problema de frente.

  • Para terminar, o dia 27 reserva “A Dança”, pelas 19 horas no Coliseu do Porto. Este evento tem um preço de 5 euros e está classificado para maiores de 6 anos.

Mais um espetáculo do Balleteatro que, na ausência de texto, a imaginação pode ir mais longe, dançando com o Sr. Quadrado e com a Sra. Vestido Vermelho. Numa co-produção com os alunos do 3º anho de dança, pretende-se explorar os conceitos de dança, dança social, prática e infância, relembrando e redefinido memórias.

Notícias relacionadas