Pinto da Costa e o fervor da Ribeira: “Gente genuína com uma paixão que não esconde”

O Presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, destacou a forma genuína, a paixão e o fervor da Ribeira quando os Dragões conquistam qualquer título.

“A Ribeira é o coração do Porto. Uma zona lindíssima onde sente pulsar do coração da cidade e do clube. Em todas as pessoas se sente isso o que torna este local ainda mais belo. Não só pela beleza natural mas também a beleza das pessoas e a sua forma de viver intensamente as suas paixões.” realçou Pinto da Costa

No episódio intitulado “1986 – A festa é boa em qualquer lugar” da série ‘Ironias do Destino’, da FC Porto TV, Jorge Nuno Pinto da Costa recuou a 1986, onde o título do FC Porto foi consumado na última ronda.

“Vencemos o Sp. Covilhã e foi uma festa em toda a cidade, sobretudo aqui na Ribeira, onde sempre que o FC Porto vence há muito fervor. É gente genuína com uma paixão que não esconde e que me sensibiliza muito”, afirmou o presidente do FC Porto.

Com o nostálgico estádio das Antas a abarrotar, esta vitória permitiu que os dragões pudessem disputar a Taça dos Clubes Campeões Europeus na época seguinte, que viriam a conquistar em Viena, na final contra o Bayern Munique.

O vídeo completo do deste episódio “Ironias do destino” pode ser visualizado aqui

Notícias relacionadas