PJ deteve homem que furtou peças de arte sacra de uma igreja no Porto

Um homem de 48 anos foi detido pela Polícia Judiciária, com a colaboração da PSP do Porto, no âmbito de uma investigação relativa ao furto de objetos de arte sacra.

O suspeito, desempregado e de nacionalidade portuguesa, furtou de uma igreja do Porto quatro peças de arte sacra furtadas, de valor patrimonial e histórico significativo.

Os bens culturais haviam sido vendidos por um valor diminuto a uma comerciante, que foi indiciada pela prática do crime de recetação.

O detido, com antecedentes por este e outros tipo de ilícitos, vai ser presentes à competente autoridade judiciária para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Notícias relacionadas