Mãe e filha roubam artigos valiosos da casa do patrão na Maia

Duas mulheres, mãe e filha, de 60 e 26 anos, foram detidas pela GNR por terem roubado diversos artigos da casa onde a arguida mias velha realizava trabalhos domésticos, na Maia.

O Comando Territorial da GNR do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Matosinhos, no dia 4 de novembro, constituiu arguidas duas mulheres de 26 e 60 anos por furto qualificado, nos concelhos da Maia e de Valongo.

No âmbito de uma investigação por furto qualificado, que teve a duração de cerca de três meses, os militares da Guarda desenvolveram diversas diligências policiais, que permitiram identificar as duas suspeitas e localizar o material que havia sido furtado do interior de uma residência, no concelho da Maia. Apurou-se ainda que uma das suspeitas efetuou trabalhos domésticos numa residência, aproveitando-se da relação laboral onde tomou conhecimento da existência de diversas peças de louça de coleção, com um elevado valor patrimonial, assim como de conjuntos de talheres e peças em linho. No decorrer da investigação, foi possível apurar-se ainda que a suspeita, em conjunto com a sua filha, apropriava-se do material sem o consentimento do proprietário.

No seguimento da ação policial, foram realizadas duas buscas domiciliárias, tendo sido possível apreender os seguintes artigos:

  • Parte de uma coleção de louça;
  • Parte de uma coleção de louça chinesa pintada à mão;
  • Diversas toalhas em linho antigo;
  • Diversos talheres.

O material apreendido foi entregue ao legítimo proprietário.

Fonte: GNR

Notícias relacionadas