A Bela Portuguesa, um Mestre de Culinária e um Cowboy Apaixonado animaram o fim de semana do Porto

O São João já chegou ao Porto neste fim de semana. Foram vários os pontos de bailarico e animação espalhados nas freguesias da cidade.

Diapasão na Praça da Corujeira

Na sexta feira, acompanhámos um dos espetáculos da noite. Fomos à Praça da Corujeira, na Junta de Freguesia de Campanhã e comprovámos aquilo que no fundo, já sabíamos: Os Diapasão continuam em excelente forma! Os Reis da Música de baile animaram a noite da freguesia do jeito que só eles sabem!

Aqui fica o início do espetáculo

E o bailarico continuou até bem perto da 1 hora da manhã

Arruada de Ranchos Folclóricos na Praça General Humberto Delgado

No sábado de tarde, fomos até à baixa. Encontrámos uma arruada de grupos folclóricos do Porto, que partiram de diversos locais da cidade e desfilaram até à baixa portuense. Muitos turistas, encantados com esta tradição, não perderam a oportunidade para deixar um pé de dança.

Quim Barreiros em Lordelo do Ouro

No domingo, pelas 17h, fomos até à marginal Lordelo do Ouro. Aliás, já estávamos por lá, visto que o nosso estúdio encontra-se a escassos metros da marginal. Quando saímos do estúdio, reparámos nos vários grupos de famílias, de todas as idades, a descerem a rua Paulo da Gama. E lá fomos nós também. No fundo da rua, mal virámos em direção à Rua do Ouro, rapidamente sentimos o cheiro a São João! E não eram sardinhas… era a correria dos portuenses rumo e ao encontro do seu melhor lugar para comer umas farturas e assistir ao espetáculo de Quim Barreiros!

No início da atuação, o Mestre da Culinária Quim Barreiros, foi surpreendido com um bolo de aniversário. O artista completou 75 anos!!

Num palco ladeado pela beleza das margens do Rio Douro, e num parque de estacionamento animado, a festa continuou até às 20h.

Zé Amaro na Foz do Douro

Saímos do local da atuação de Quim Barreiros, pelas 19h e fomos em direção à Foz do Douro. Na esplanada do Castelo, na Avenida D. Carlos I, outro foco de animação já ia a meio. Demorámos cerca de 30 minutos. Fomos nas calmas, para contemplar a beleza da cantareira da Foz. Quando nos aproximámos do Castelo, e apesar de já faltar cerca de meia hora para o final do concerto de Zé Amaro, facilmente percebemos que o Cowboy Apaixonado continuava a abrilhantar o palco muito bem acompanhado com as suas bailarinas e os seus bailarinos.

Apesar do vento que se fazia sentir nesta zona, as pessoas só arredaram pé na última música e ainda pediram “só mais uma”. E assim foi, o artista minhoto terminou da melhor forma o final de tarde de domingo.

Uma romaria que muitos portuenses desejavam e que ainda agora começou! Dia 23 há mais! Biba o São João!

Notícias relacionadas