DIA DA CRIANÇA nos Jardins do Palácio

De 1 a 4 de junho, o convite é para brincar na Festa da Criança, que uma vez mais se realiza nos Jardins do Palácio de Cristal, numa iniciativa da Câmara do Porto.




A edição deste ano apresenta um programa com dezenas de atividades gratuitas e recebe espetáculos programados pelo festival NOS Primavera Sound. Construir 24 mundos em 24 horas, fazer mil tsurus pela paz no mundo, descobrir a natureza, as nossas tradições e a nossa história, aprender a cozinhar de forma saudável, ouvir música que ensina sobre o planeta ou ainda explorar os algarismos com peritos em malabarismos, são algumas das propostas desenhadas para os mais pequenos.

 

Este ano, um dia inteiro (2 de junho, sexta-feira) é dedicado aos avós, provavelmente os melhores especialistas em brincadeira. Há, também, espetáculos de dança, circo, desporto, malabarismos, um espetáculo cinotécnico, um concerto com orquestra de sopros do Conservatório do Vale do Sousa.



A iniciativa termina com os Bollywood Kids, o professor Kajal Ratanji e alunas da Academia de Dança DANCE4U. As portas dos jardins vão abrir sempre às 10 horas e as brincadeiras prolongar-se-ão até às 19 horas.

Concertos na Concha Acústica 

A Concha Acústica dos Jardins do Palácio vai receber três espetáculos programados pelo festival NOS Primavera Sound.

 

A abertura é feita na manhã de 1 de junho, Dia Mundial da Criança, com o projeto “Mão Verde”, de Capicua e Pedro Geraldes, seguindo-se Throes + The Shine, no dia 2, e a comemoração dos 50 anos de “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”, dos Beatles, com uma “Beatle Battle”, no dia 4, domingo.

 

“Mão Verde” é, além de um livro, de um disco e de “uma forma de sensibilização e intervenção” para o ambiente, um concerto temático, “em torno das plantas, da agricultura, da alimentação, dos cheiros das ervas aromáticas, da cor das flores e com uma clara motivação ecológica”, adianta a organização. Durante cerca de uma hora, com muitos momentos de interação com o público, “há canções alegres e com importantes mensagens”, ” de abordagem tão inteligente quanto divertida”, que envolve vários temas quotidianos e do universo verde, com rimas, histórias, rap e jogos de palavras, acompanhadas por diversos instrumentos tocados ao vivo.

 

Capicua e Pedro Geraldes vão estar acompanhados por Francisca Cortesão (Minta & The Brook Trout) e António Serginho (Retimbrar), no concerto que tem início às 11 horas.



Os Throes + The Shine são uma banda luso-angolana, cujo percurso se iniciou em 2011, que misturam música de dança africana com elementos da música ocidental. Com concertos marcados para o meio-dia e as 17 horas do dia 2, as atuações misturam música, dança e preveem alguma interação com o público, com componentes tecnológicas e interativas.

 

No último dia, 4 de junho, duas “Beatle Battle” – às 11,30 e às 16,30 horas – assinalam os 50 anos da edição do álbum dos Beatles “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”. Os músicos da “Beatle Battle”, em confronto direto, desconstroem os temas dos chamados “Quatro de Liverpool”, envolvendo o público “na narrativa de forma descomprometida, integrando ambientes sonoros heterogéneos, melódicos e rítmicos, bem característicos da banda, entrando assim numa viagem misteriosa e numa batalha musical de sons e sensações”.




+Info: Programa completo Festa da Criança 2017

Notícias relacionadas