Mulher de 86 anos morre atropelada por ambulância numa passadeira

Maria de Lurdes Vieira morreu depois de ser atropelada por uma ambulância junto à Urgência do hospital da Feira.

A mulher, de 86 anos, que morava em S. João da Madeira, foi operada a uma anca há cerca de dois meses e dirigia-se para uma consulta de fisioterapia para avaliar o estado pós-operatório. Foi atingida pela viatura da empresa Força de Viver. “O filho deixou-a perto da porta da Urgência e foi estacionar o carro. Todos os acidentes são estúpidos mas este ainda é mais” disse uma vizinha da vítima.

O alerta foi dado pelas 09h00 de terça-feira.

Ao que tudo indica, a mulher estaria a atravessar uma passadeira quando foi colhida pela ambulância de transporte de doentes não urgentes, que realizava uma manobra em marcha-atrás para estacionar.

A vítima foi assistida, no local, pela equipa da viatura médica de emergência e reanimação. Não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu já no serviço de Urgência. O óbito foi declarado pelas 18h00.

O corpo foi levado para o instituto de medicina legal da Feira. A PSP foi chamada e investiga.

Notícias relacionadas