Detido suspeito de atear fogo à casa da ex-namorada no Porto

A Polícia judiciária (PJ) deteve um homem suspeito de ter posto fogo na habitação da sua ex-companheira, no Porto, por alegada “vingança”, anunciou esta segunda-feira aquela força policial.

Em comunicado, a PJ, através da diretoria do Norte, refere que o “arguido terá regado móveis e roupas com álcool etílico para propagação rápida das chamas, utilizando depois um isqueiro para provocar o início de combustão”.

O homem, de 38 anos, “ex-companheiro da vítima que era arrendatária do imóvel, não se terá conformado com o fim da relação, atuando motivado por vingança”, acrescenta.

A PJ refere ainda que o incêndio ocorreu na madrugada de domingo e provocou “prejuízos de valor elevado na habitação”. 

As chamas puseram também em perigo habitações contíguas, que só não foram atingidas pela pronta intervenção dos bombeiros voluntários.

O suspeito vai agora ser presente à entidade competente para interrogatório e aplicação das medidas tidas por adequadas.

Artigo Fonte: LUSA

Segue-nos e partilha:
error

Notícias relacionadas