Covid-19: Participantes em evento no Hard Club no Porto com infetado devem contactar autoridades

A delegada de Saúde do Norte pediu esta terça-feira a todos os que estiveram num evento na sexta-feira no Hard Club, no Porto, com um participante infetado com o novo coronavírus, que fiquem em isolamento social e contactem as autoridades.

Os contactos devem ser feitos para os números 220411170 ou 220411171.

O apelo foi feito pela delegada regional de Saúde do Norte, Maria Neto, à agência Lusa, que explicou que os participantes do evento em causa, sem revelar qual, devem contactar os números acima descritos para obterem informações e recomendações sobre como proceder.

“Até lá, devem manter medidas de afastamento social até informações em contrário”, afirmou.

Maria Neto sublinhou que a avaliação do risco será ponderada individualmente, durante o contacto telefónico, pelo que as recomendações podem ser mais especificas em determinadas situações.

Dizendo que a Covid-19 é, em grande maioria, ligeira a moderada, a delegada regional frisou que mesmo os mais jovens podem sofrer doença severa e, acima de tudo, são potenciais transmissores desta infeção a pessoas mais velhas, nomeadamente seus pais e avós, que podem adoecer severamente.

Apelando à serenidade dos participantes, Maria Neto lembrou, contudo, ser “imprescindível” a colaboração de todos para se fazer face ao atual desafio coletivo.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.000 mortos.

Cerca de 114 mil pessoas foram infetadas em mais de uma centena de países, e mais de 63 mil recuperaram.

Portugal regista 41 casos confirmados de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Nos últimos dias, a Itália tornou-se o caso mais grave de epidemia fora da China, com 463 mortos e mais de 9.100 contaminados pelo novo coronavírus, que pode causar infeções respiratórias como pneumonia.

A quarentena imposta pelo governo italiano ao Norte do País foi alargada hoje a toda a Itália.

O Governo português decidiu suspender todos os voos com destino ou origem nas zonas mais afetadas em Itália, recomendando também a suspensão de eventos em espaços abertos com mais de 5.000 pessoas.

Artigo Fonte: LUSA

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas