Suspenso o pagamento das rendas de bairros sociais de Gondomar

Devido à pandemia do Covid-19, a Câmara Municipal de Gondomar suspendeu por três meses o pagamento das rendas de habitações sociais. Será também implementado um serviço para atendimento de pessoas com suspeitas de infeção pelo novo coronavirus.

Para dar resposta à pandemia do Covid-19, a Câmara Municipal de Gondomar reuniu um conjunto de medidas para prestar apoio às famílias com menor poder económico no município.

A situação excecional que se vive no momento atual, exige a aplicação de medidas extraordinárias e de caráter urgente, atuando em prol da proteção e defesa dos seus munícipes, principalmente dos mais vulneráveis.

“O Município de Gondomar informa que, para além das medidas já anunciadas no âmbito do Plano de Contingência do Município de Gondomar, acionou o Projeto Gondomar Protege!, tomando as seguintes medidas:

  • Contactar os munícipes integrados no Programa Idade D’Ouro, com 60 ou mais anos, por forma a apoiar aqueles que não têm retaguarda familiar que lhes assegure a proteção e isolamento social necessário.
  • Duplicar o valor dos apoios às famílias inscritas nos programas Social ++ Alimentação e + Habitação.
  • Isentar do pagamento das rendas todas as famílias residentes nos conjuntos habitacionais municipais, pelo período de 3 meses.

O nosso maior bem são as pessoas. Gondomar protege! Gondomar é D’Ouro!”, publica o município no seu site oficial

Notícias relacionadas