Apesar de não haver São João, o manjerico continua na mão

Este ano apesar de não poder existir arraiais, a tradicional planta das festas populares continua a marcar presença na casa dos portugueses. Apesar da quebra nas vendas este ano contam vender cerca de 40 mil

Esta tradicional planta do Santos populares começa a ser plantada no inicio de abril, e em cerca de mês e meio se desenvolve, levando a casa de todos os portugueses o cheiro característico desta altura do ano.

Segundo Joaquim Araújo , um grande produtor de manjericos na zona norte , a venda mantém-se, mas prevê uma queda de cerca de 15%, devido a situação que agora vivemos, com o cancelamento das festas populares bem como não ter conseguido escoar produção para a zona sul, que teve as grandes superfícies fechadas durante a altura do Santo António.

Apesar desta quebra nas venda , este ano conta vender cerca de 30 a 40 mil manjericos, principalmente às grandes superfícies comerciais, bem como a pequeno comércio, comercio tradicional e bancas de rua, que este ano podem continuar a vender graças a cámara do Porto permitir a montagem das tradicionais bancas por diferentes locais da cidade.

Os tradicionais festejos dos santos populares, este ano, apesar de mais discretos e sem grandes multidões, continuaram a ter um dos símbolos tradicionais, e muito acarinhado por todos os portugueses.

Fonte: RTP e Toluna.com

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas