Cartaz Cultural – Semana 26 de outubro a 2 de novembro

O Cartaz Cultural está de volta para mais uma semana recheada de novos eventos. Esta semana marca o início de uma iniciativa de várias entidades que deram origem ao “Santa Casa – Portugal ao vivo”.

Eventos culturais semana de 26 de outubro a 2 de novembro:

  • 27/10 – “Olhares na Terra – Alexandra Balona”
    Local: Rivoli
    Horário: 18h30, no Teatro Rivoli
    Parceria com a Universidade Lusófona do Porto
    Preço: Entrada gratuita mediante levantamento de bilhete

    Com a saída de Gagarin para o espaço (1961) e com fotos da missão de Apolo, a Terra surge-nos pela primeira vez inteira ao nosso olhar, caí nas nossas mãos através de fotografias e algumas técnicas que a reproduziu e fez sair fora dela. Os efeitos aqui mencionados são o facto de este surgir como planeta e não como suporte para decisões. Neste 3º ciclo internacional TMP/ULP deixaremos confrontar livremente os nossos olhares que passam por temáticas como geofilosofia, antropocentrismo, crise climática, teorias de Gaia, globalização, arte global ou atividade em rede.

  • 28/10 – “Manel Cruz – Tour Nedó”
    Local: Teatro Sá da Bandeira
    Horário: 28/10 e 29/10 ás 21h30
    Preço: 12,50 euros a 20 euros
    Classificação: M/ 6 anos

    Tour Nedó é o novo espetáculo de Manel da Cruz e da sua banda, composta por António Serginho, Eduardo Silva e Nico Tricot. Um pretexto para se fazer e reinventar música, tendo como ponto de partida o recente “Vida nova”, mas também o repertório mais antigo, passando por inéditos e outros temas. Este é o álbum de estreia de Manel Cruz e, por isso, a expectativa era grande, mas foi logo superada desde o primeiro momento, com concertos a esgotarem. O CD encontra-se também disponível em formato livro, que foi procurado por todo o país, sendo o seu valor como obra reconhecido. Ao longo de todo o CD, Manel Cruz dá-se a conhecer um pouco mais e é muito ainda o que tem para revelar.

  • 29/10 – “Understage @ C”
    Local: Rivoli
    Horário: 23 horas
    Co produção com Matéria Prima
    Preço: 7 euros
    Duração: 50 minutos
    Classificação: M/16 anos

    Pedro Tutela e Miguel Carvalhais colaboram com o projeto @ C desde 2000, tendo produzido mais de duas dezenas de edições discográficas, quase duas centenas de espetáculos e várias instalações sonoras. Para marcar os 20 anos deste projeto, tem como convidado André Rangel, que vai explorar os limiares da arte e do designe intermédio, para a criação de um novo projeto “Não – Nada”, para o Understage do Rivoli. “Não – nada” é uma performance para o som multi-canal e luz que explora o placo, não-palco e sub-palco do Rivoli.

  • 29/10 – “Marlene Monteiro Freitas – Mal embriaguez Divina”
    Local: Rivoli
    Horário: 29/10 e 30/10 às 21 horas
    Preço: 12 euros
    Duração: 1h45
    Classificação: M/ 6 anos

    Este é um espetáculo que une Portugal e Cabo Verde, já que Marlene Monteiro Freiras nasceu em Cabo Verde e irá retratar “O Mal”, que é uma personificação do Diabo, que tem vários nomes atribuídos e que está referenciado na bíblia, nos discursos da sociedade e no centro de criações literárias e artísticas.

  • 30/10 – “Conversas pós-espetáculo com Alexandra Balona no âmbito do foco de Marlene”
    Local: Rivoli
    Horário: 22h30

    Um evento que conta com conversas entre os espectadores e os atores do evento de Alexandra Balona e Marlene Monteiro Freitas, para discutir cenas, trocar ideias e pontos de vista.

  • 30/10 – “E tudo o Morto levou”, com Marina Mota
    Local: Teatro Sá da Bandeira
    Horário: 30/10 e 31/10 às 21h30
    Preço: 10 euros a 20 euros
    Classificação: M/12 anos
    Duração: 120 minutos

    Comédia teatral protagonizada por Marina Mota, que decorre durante um velório, num largo de um bairro em Lisboa. A noite vai passando e, por aquela capela, vão surgindo inúmeras personagens que toda a gente, pelo menos uma vez na vida, já viu num velório. Parece um velório normal, mas eis que o insólito acontece: Isabel, a recém-viúva, é confrontada com o marido que lhe aparece à frente com um ramo de flores.

  • 30/10 – “Candlelight – concerto dia das bruxas no Porto”
    Local: Ateneu Comercial do Porto
    Horário: 20h45 ou 22h30, com abertura de portas 30 minutos antes
    Preço: Desde 15 euros
    Interprete: Quarteto de Cordas Opus Quatro
    Classificação: M/ 8 anos

    Algumas das bandas sonoras mais conhecidas em todo o mundo como nunca antes visto! Vive uma experiência única à luz das velas num concerto único e exclusivo que alia a delicadeza da música clássica ao romance e mistério. No imponente Ateneu Comercial e a cargo de um Quarteto de Cordas, poderás assistir a algumas das obras mais emblemáticas de bandas sonoras inspirados no Halloween, num ambiente verdadeiramente intimista. Sentirás que estás a viver um momento mágico!



  • 31/10 – “Xutos e Pontapés”, no Super Bock Arena/Pavilhão Rosa Mota
    Horário: 21horas
    Preço: 20 euros a 40 euros

    Este é o primeiro de 20 concertos que vão decorrer no Pavilhão Rosa Mota, até dezembro. Uma iniciativa que tem o nome de “2020 cultura para todos” e, em conjunto com várias entidades importantes, celebram 40 concertos (20 no Porto e 20 em Lisboa) com a designação de “Santa Casa – Portugal Ao Vivo”. Todos os artistas em cartaz são portugueses e os primeiros a subir ao palco na Cidade do Porto são os Xutos e Pontapés. Esta iniciativa é importante para promover o reencontro entre artistas e o público e reforçar a importância da cultura na vida de cada um.
  • 1/11 . “A Dama das Camélias/Bolshoi”, estreia nos cinemas

    O jovem Armand pertence a uma família aristocrata de Paris do século XIX. Ele apaixona-se pela cortesã Margarita. Defrontando a intolerância das suas famílias e do preconceito social, eles vão tentar viver sua história de amor.

A Fundação Casa da Música suspendeu os eventos desde o passado dia 24 de outubro até dia 3 de novembro, mantendo-se em funcionamento a bilheteira, as visitas guiadas e o café. Esta medida surge no decurso de contactos entre a Casa da Música e a Autoridade Regional de Saúde que, para prevenção da Covid-19, impôs o confinamento profilático a um conjunto de colaboradores, com particular incidência na área de produção técnica, facto que diminui a capacidade de realização de eventos. A Fundação Casa da Música vai processar ao reembolso do valor dos bilhetes de todos os concertos cancelados e a sua programação será retomada no dia 4 de novembro.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas