Homem condenado por enganar idosos no Porto

idoso

Arguido de 34 anos fazia-se passar por técnico de telecomunicações e simulava avarias nos aparelhos. O Tribunal de São João Novo, no Porto, condenou um homem, de 34 anos, a uma pena suspensa de quatro anos e meio de cadeia por sete crimes de furto qualificado, cometidos no ano passado. O arguido fazia-se passar por técnico de telecomunicações e simulava avarias nos aparelhos de transmissão televisiva para realizar o seu esquema. As vítimas eram escolhidas pela idade, sendo que a mais velha tinha 97 anos, o que comprova a preferência…

Ler mais