Tribunal de São João Novo julga mulher acusada de tentar pegar fogo a ex-namorado

O Tribunal de São João Novo, no Porto, está a julgar uma mulher acusada de tentar atear fogo a um homem de Valongo, após o término do relacionamento amoroso de ambos. O homem, de 44 anos, foi alvo de diversos atos de retaliação e agressões, um deles com golpes de navalha. Estas práticas ocorrem desde o momento em que o ofendido tentou cortar laços com a arguida, de 35 anos, mas, segundo o processo, o principal episódio ocorreu em 2019, à porta do estabelecimento do mesmo, quando a arguida lhe…

Ler mais

Arguidos acusados de maus-tratos na Aldeia SOS de Gulpilhares foram absolvidos

Todos os arguidos foram absolvidos pelo tribunal de Vila Nova de Gaia esta sexta feira. São eles um ex-diretor e quatro antigas funcionárias da Aldeia SOS de Gulpilhares, que foram acusados de maus tratos a menores. Também a própria Associação Aldeia SOS, arguida no processo, foi consequentemente absolvida. O tribunal entendeu que os factos levados pela acusação constituíam apenas injúrias ou ofensas à integridade física e que não puderam ser consideradas em sede criminal por ausência de queixa.

Ler mais

Supremo Tribunal reduz pena a homem que tentou matar familiares a tiro no Porto

O homem que tinha sido condenado por ter disparado uma arma de fogo contra os seus familiares em Marco de Canaveses e Baião, vê a sua pena de prisão reduzida em um ano e oito meses pelo Sipremo Tribunal de Justiça. A sua pena foi reduzida para 11 anos de prisão após o acórdão datado a 4 de fevereiro. Inicialmente a sua pena teria sido de 12 anos e oito meses de prisão, sendo esta condenação resultante de três crimes de tentativa de homicídio, um crime de dano e dois…

Ler mais