Homem condenado a 17 anos de prisão por matar a mulher

O Tribunal de Bragança condenou esta sexta-feira a 17 anos de prisão um homem por ter matado a mulher de 44 anos, em 2019, em Carrazeda de Ansiães, que fica também inibido de receber a herança da esposa. A pena única de 17 anos de prisão efetiva resulta do cúmulo jurídico pela condenação a 16 anos de prisão pelo crime de homicídio qualificado consumado em relação à esposa, e a quatro anos de prisão pelo crime de homicídio simples em relação a um homem agredido na mesma data. O arguido…

Ler mais

14 anos de prisão por abusar da enteada

O tribunal do Porto condenou um homem de Gondomar a 14 anos de prisão por abusar sexualmente, ao longo de seis anos, da filha menor da sua companheira, com quem morava. Um coletivo de juízes do tribunal de São João Novo, a principal instância criminal do Porto, considerou provada a prática de mais de centena e meia de crimes: 14 de abuso sexual de criança agravados, 138 de abuso sexual de menores dependentes agravados e um de ofensa à integridade física simples. Além da pena de prisão, o homem foi condenado…

Ler mais

Supremo Tribunal reduz pena a homem que tentou matar familiares a tiro no Porto

O homem que tinha sido condenado por ter disparado uma arma de fogo contra os seus familiares em Marco de Canaveses e Baião, vê a sua pena de prisão reduzida em um ano e oito meses pelo Sipremo Tribunal de Justiça. A sua pena foi reduzida para 11 anos de prisão após o acórdão datado a 4 de fevereiro. Inicialmente a sua pena teria sido de 12 anos e oito meses de prisão, sendo esta condenação resultante de três crimes de tentativa de homicídio, um crime de dano e dois…

Ler mais