Em Matosinhos, Policia não autoriza fogo de artificio com drones

O fogo-de-artifício “Sublime”, que na noite de sábado será o ponto mais alto das festas do Senhor de Matosinhos, já não vai ter drones. A utilização dos aparelhos não foi autorizada pela Polícia.




De acordo com a PSP, “não existe ainda enquadramento legal que permita a operação de candelas instaladas em drones”.

Segundo comunicado, enviado às redações pela Câmara de Matosinhos, “os aparelhos que iriam ser operados pela empresa Sky Vision estavam devidamente licenciados pela Autoridade Nacional de Avião Civil e foram anteriormente testados pela empresa Macedo’s Pirotecnia”. Todavia, as autoridades competentes para o licenciamento do espetáculo pirotécnico “entenderam não autorizar o lançamento de fogo-de-artifício a partir dos drones, uma vez que a legislação ainda não está a par desta possibilidade tecnológica”.

Mesmo sem drones, a Autarquia promete que o fogo-de-artifício, marcado para a meia-noite, será “um dos mais espetaculares de sempre”.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas