VIOLADA E ASSASSINADA – justiça já decidiu a pena

Uma adolescente de 16 anos foi violada e morta, depois de ter ingerido uma dose de medicamentos que a deixou inconsciente. O responsável pelo crime, um homem de 47 anos, foi condenado a 24 anos de prisão pelo homicídio e a 15 anos pela agressão sexual.




O crime remonta a fevereiro de 2016, altura em que um indivíduo encontrou a jovem inconsciente num parque de Sevilha e se aproveitou do seu estado de saúde para a violar. Alegadamente, e de acordo com a investigação, esta terá sido a causa da morte.

O corpo foi encontrado pouco tempo depois dos crimes, por uma varredora de lixo e todos os elementos que estavam no local foram preservados e foram fundamentais para a acusação, já que o homem tinha usado lenços e uma peça de roupa para limpar sangue.

Notícias relacionadas