Já foi identificada a vítima cuja cabeça foi encontrada decapitada numa praia de Leça

A Polícia Judiciária do Porto já conseguiu identificar a vítima cuja a cabeça foi encontrada dentro de um saco plástico, na praia do Óscar, em Leça da Palmeira, Matosinhos, no passado dia 7.

A informação é publicada hoje pelo Correio da Manhã e refere que trata-se de uma mulher de nacionalidade estrangeira e os investigadores acreditam que terá sido vítima de uma crime passional.

Segundo a mesma publicação, o resto do corpo ainda não foi localizado, nem está apurada a forma como a vítima,que não tem qualquer ligação à prostituição – como chegou a ser equacionado – foi decapitada.

O Correio da Manhã menciona ainda que os inspetores da Brigada de Homicídios da PJ do Porto, que estão a tratar o caso como prioritário, estão a realizar diversas diligências e a passar a pente fino o passado recente da vítima para tentar apurar possíveis suspeitos de terem cometido o crime violento e conseguir localizar o resto do cadáver.

Até ao momento, diz o Correio da Manhã, a cabeça foi sujeita a testes de ADN para tentar confirmar a identidade da vítima. Ainda assim, faltam resultados de exames complementares. Também não existem ainda suspeitos identificados pela PJ do Porto.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas