Covid-19: Há 2362 infetados. 33 vítimas mortais

De acordo com o boletim da situação epidemiológica no país, divulgado esta terça feira pela Direção-Geral da Saúde, o número de infetados com Covid-19 aumentou para 2.632.

A Direção-Geral da Saúde avança esta terça-feira que o número de mortos e de infetados voltou a subir. Esta terça-feira, o número de mortos aumentou para 33, havendo 2362 infetados. Há 22 doentes recuperados.

Em Portugal, desde o início do ano, regista-se um total de 15474 de casos suspeitos. 1783 pessoas aguardam resultado laboratorial. Há 11329 casos não confirmados, de acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde.

Na região do Norte registam-se 14 óbitos; 6 no Centro; 12 na zona da Grande Lisboa e um no Algarve. Esta terça-feira, registou-se o primeiro óbito no arquipélago dos Açores. O Alentejo continua sem registo de mortes por coronavírus.

Há 21 mortos com mais de 80 anos (12 homens e 9 mulheres); 5 homens com idades compreendidas entre os 70 e os 79 anos; 4 homens na faixa etária entre os 60 e os 69 anos; 2 homens e 1 mulher com idades entre 50 e 59 anos e outro com idade entre os 40 e os 49 anos.

Entre os casos confirmados, o sintoma que mais se regista é a tosse (70%); seguido da febre (58%) e das dores musculares (42%). Cefaleia (34%), fraqueza generalizada (27%) e dificuldade respiratória (24%) são os três sintomas menos comuns.

O secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, avançou que há um stock de 30 mil testes no País, mas só estão a ser realizados dois mil. O governante disse que há mais 302 casos de infeção relativamente a segunda-feira, um aumento de 15%.

Regista-se esta terça-feira a subida percentual mais baixa até ao momento, segundo António Lacerda Sales. “Temos que preparar sempre os piores”

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas