Governo adia inspeções automóveis por cinco meses

Os condutores que tinham de levar o carro à inspeção entre os dias 13 de março e 30 de junho de 2020 têm agora mais cinco meses para o fazerem contados da data de matrícula, de acordo com o Ministério das Infraestruturas e Habitação. Este alargamento do prazo é superior aos dois meses que tinham sido inicialmente anunciados. Além disso, foi decretado o encerramento parcial dos centros de inspeção.  

“O Ministério das Infraestruturas e da Habitação decidiu prorrogar os prazos das inspeções periódicas de veículos a motor, bem como decretar o encerramento parcial dos centros de inspeção de veículos. Os veículos a motor e seus reboques, ligeiros ou pesados, que devessem ser apresentados à inspeção periódica no período entre 13 de março e 30 de junho de 2020, veem o seu prazo prorrogado por cinco meses contados da data da matrícula“, pode ler-se num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. 

Além disso, foi decretado também o encerramento parcial dos centros de inspeção, algo que deve ser feito até 30 de junho. Devem manter-se os serviços considerados essenciais:

“As entidades gestoras e centros de inspeção de veículos procedem ao encerramento parcial de atividade até 30 de junho, sem prejuízo da prestação dos serviços considerados essenciais já identificados. Por outro lado, devem informar o Instituto da Mobilidade e dos Transportes sobre quais são os centros de inspeção que, até ao dia 30 de junho de 2020, asseguram a prestação desses serviços essenciais”, pode ler-se. 

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas