Hospital de campanha Porto. recebeu equipamentos de proteção individual

Chegaram esta segunda feira ao Hospital de Campanha Porto., em fase final de instalação no SuperBock Arena – Pavilhão Rosa Mota, cerca de 80 mil equipamentos de proteção individual destinados a profissionais de saúde e a doentes. O hospital está pronto do ponto de vista logístico, estando agora a ser medicamente equipado para poder receber brevemente os primeiros doentes de COVID-19.

Os equipamentos de proteção, como máscaras de vários tipos, proteções oculares e fatos foram oferecidos por vários empresas, como a Fundação Fosun, a Gestifute, a La Perla e a KMJ. À chegada, o carregamento foi descontaminado, depois de ter viajado em porões de vários aviões e está pronto a ser usado pelo hospital de campanha que se destina a doentes pouco sintomáticos.

Esta unidade de retaguarda ajudará os Hospitais de Santo António e São João a melhorar a sua capacidade de Cuidados Intensivos, que assim poderão ser alargados nos seus edifícios principais. A Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos está responsável pela gestão hospitalar.

Ao lançar este hospital de campanha, a Câmara do Porto respondeu ao pedido dos dois centros hospitalares públicos do Porto para a sua instalação, devido ao aumento previsível de doentes nos próximos dias ou semanas. Aproveitou a disponibilidade da Círculo de Cristal, empresa concessionária do pavilhão que em 2019 reabriu ao público totalmente reabilitado.

A Câmara do Porto espera receber esta semana outros equipamentos, como ventiladores invasivos de alto débito adquiridos pela autarquia em Shenzhen (a cidade tecnológica chinesa) e que servirão quer a Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) do Hospital de São João, quer a UCI do Hospital de Santo António.

Artigo Fonte e Foto: Porto.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas