Covid-19: Várias escolas privadas do Porto suspendem atividade ou fecham por prevenção

Vários escolas privadas do ensino básico e secundário do Porto decidiram, esta quinta-feira, suspender as atividades letivas e equacionam ou já definiram planos de ensino à distancia devido ao coronavírus e por “prevenção”, confirmaram à Lusa as direções.

No Colégio Nossa Senhora de Lourdes, de um total de 775 alunos, estavam hoje nas instalações cerca de 30 crianças devido à decisão de suspensão das atividades letivas sem encerramento, revelou o diretor pedagógico, António Filipe Barbosa.

Naquele estabelecimento de ensino não houve registo de qualquer caso suspeito e a medida foi tomada por uma “questão preventiva”, “porque já havia alunos a faltar” e “o medo estava a ser maior”, descreveu António Filipe Barbosa.

No Nossa Senhora de Lourdes, a suspensão das atividades letivas foi decidida para hoje e sexta-feira, estando decisões futuras dependentes “do evoluir da situação e da decisão que vai ou não ser tomada pelas autoridades competentes”, acrescentou o diretor pedagógico.

Enquanto isso, a escola prepara “um plano de ensino à distância”.

A opção por manter as instalações abertas deveu-se à preocupação de encontrar solução “para os pais que não têm alternativas”, acrescentou o responsável.

O CLIP – Colégio Luso-Internacional do Porto decidiu encerrar “preventivamente” a partir de sexta-feira e por um período de duas semanas, informa numa carta dirigida hoje aos pais, estudantes e comunidade educativa a que a Lusa teve acesso.

O CLIP esclarece que a situação vai ser reavaliada continuamente e que nenhum caso de Covid-19 foi confirmado entre estudantes ou funcionários, embora existam “famílias de quarentena por prevenção”.

No Colégio Nossa Senhora da Paz, também no Porto, a decisão foi, por uma questão “estritamente preventiva”, “suspender as atividades letivas e não letivas a partir de hoje e por um período que depois será especificado”, informou a diretora pedagógica, Maria Sousa Soares.

Frequentam aquele espaço cerca de 550 alunos, dos 03 aos 18 anos e os encarregados de educação recebiam, desde 02 de março, boletins informativos diários, acrescentou a responsável.

“Hoje o colégio abriu para os alunos virem buscar os seus materiais de trabalho. A intenção é que possam trabalhar em casa e está previsto o contacto entre alunos e professores por meios digitais”, esclareceu.

O planeamento “vai ser constantemente ajustado e as medidas adequadas a casa momento”, disse, destacando não ter havido qualquer caso suspeito ou indicação das autoridades de saúde para o encerramento.

O Colégio de Santa Maria decidiu suspender as atividades hoje e sexta-feira, dia em que deve ser tomada a decisão sobre o que vai acontecer a partir de segunda-feira, com “toda a serenidade e prudência”, explicou Isabel Rebelo, diretora pedagógica.

“Aguardamos mais informações da Direção-Geral da Saúde e do ministério da Educação”, explicou.

Sem qualquer caso suspeito, o colégio optou pela prevenção e, de um total de 205 alunos, recebeu hoje 11 crianças.

Neste estabelecimento, o plano de contingência para a Covid-19 está em vigor “desde meados de janeiro”.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) atualizou hoje o número de infetados, que registou o maior aumento num dia (19), ao passar de 59 para 78, dos quais 69 estão internados.

O boletim divulgado hoje assinala também que há 133 casos a aguardar resultado laboratorial e 4.923 contactos em vigilância, mais 1.857 do que na quarta-feira.

No total, desde o início da epidemia, a DGS registou 637 casos suspeitos.

O Conselho Nacional de Saúde Pública recomendou na quarta-feira que só devem ser encerradas escolas públicas ou privadas por determinação das autoridades de saúde.

As medidas já adotadas em Portugal para conter a pandemia incluem, entre outras, a suspensão das ligações aéreas com a Itália, a suspensão ou condicionamento de visitas a hospitais, lares e prisões, e a realização de jogos de futebol sem público.

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas