Gaia aposta em habitações a preços acessíveis

Estão a ser lançados novos projetos nas zonas de Sandim, Vilar de Andorinho, Canelas, Avintes, Pedroso, Canidelo e em Arcos do Sardão, com o objetivo de aumentar a rede de habitações a preços mais acessíveis.

A Autarquia tem neste momento sete projetos definidos que deverão garantir a construção de cerca de 400 casas, moradias bifamiliares geminadas. Dentro dessas construções haverá T2 a 250 euros de renda e T3 entre os 300 e os 350 euros, incluindo ainda painéis solares, o que vai ajudar a diminuir os gastos na eletricidade.

Ao contrário do que as pessoas possam pensar quando lhes são apresentados estes valores, este projeto não se trata de construção em altura ou bairros sociais, a ideia é apostar na inundação do mercado para contrariar os preços brutais de arrendamento.

Eduardo Vitor Rodrigues, presidente da Câmara de Gaia vai puder contar com os fundos europeus e com o programa 1º Direito. Os T2 terão um custo de construção de 140 mil euros e os T3 de 160 mil euros.

FONTE: JN

FOTO: Direitos Reservados

Notícias relacionadas