Irmãos de Gaia com cancro vão ter consulta nos Estados Unidos

Os irmãos Leonor e Jaime, de Valadares, Vila Nova de Gaia, doentes com um tipo de cancro muito agressivo, já conseguiram angariar cerca de 400 mil euros: metade da verba necessária para um tratamento que lhes aumentará a possibilidade de sobrevivência. A primeira consulta vai acontecer em breve nos Estados Unidos.

A mãe, Carla Marques, mostra-se de esperança renovada em conseguir angariar a soma total para os tratamentos e agradece toda a ajuda que tem recebido. “Estou muito agradecida e reconhecida com a generosidade dos portugueses, incluindo emigrantes. As pessoas têm contribuído de forma generosa, o que já nos permitiu marcar a primeira viagem para a consulta”, afirma.

Neste momento, Leonor e Jaime estão estáveis. “Mas continuamos com a nossa corrida contra o tempo, porque os meus filhos não podem esperar muito pelo tratamento”, ressalva. “Preciso de um pouco mais de ajuda”, apela a mãe.

Estão já cumpridos todos os procedimentos legais. A advogada precisa que a verba será destinada a “custear os tratamentos médicos e exames clínicos e complementares de diagnóstico aos irmãos, Leonor e Jaime, que padecem de neuroblastoma”, e que foi reunido até ao momento “o montante de 408 mil euros”.

Notícias relacionadas