Programa municipal do Porto Cultura em Expansão cria plataforma digital

A partir desta quarta-feira, o programa municipal Cultura em Expansão ganha nova presença online. O novo website serve para difundir a programação de 2021 (espetáculos e outros conteúdos) e contém informação sobre as edições anteriores, construindo um arquivo histórico do projeto e valorizando o trabalho empreendido por diferentes agentes da cidade do Porto ao longo dos últimos sete anos.

O Cultura em Expansão, que tem como o objetivo de chegar a todos, disponibilizará assim cinco propostas dirigidas a diferentes públicos: três espetáculos programados para o ano de 2020 que não aconteceram devido às restrições causadas pela pandemia, uma revisita e uma estreia.

Esta nova secção programática começa com “Uma Coisa Longínqua”, criação do Teatro de Ferro, e a peça de teatro infantil “Princesa Bruxa”, escrita e encenada por Ricardo Alves e coreografada por Mariana Amorim. Ambas poderão ser visualizadas a partir de 7 de abril até aos próximos dias 20 e 11, respetivamente.

A 13 de abril ficam disponíveis os espetáculos “Cortes do Porto”, resultado da residência do encenador Rui Catalão com moradores de Campanhã, e “And so…? The end!”, um solo de dança contemporânea da coreógrafa, bailarina e intérprete Mariana Tengner de Barros. O segundo ficará online até 20 de abril. 

O projeto “Memoratório… do usado e preservado Grupo Musical de Miragaia” em torno da história do quase centenário Grupo Musical de Miragaia, desenvolvido pelo coletivo de investigação teatral Confederação em parceria com Tânia Dinis, foi adaptado para o formato digital e vai estrear com três apresentações: a 21 e 28 de abril e a 5 de maio.

Criado em 2014 pela Câmara Municipal do Porto, o Cultura em Expansão é um programa anual de promoção cultural e artística na cidade, materializado num vasto número de atividades, de acesso gratuito, nas áreas da música, teatro, cinema, dança e performance. A programação para 2021 foi construída em conjunto com as estruturas parceiras Visões Úteis, Confederação, Teatro do Frio e Sonoscopia, para cada um dos quatro territórios – Campanhã, Miragaia, Pasteleira e Bouça, respetivamente – e será apresentada em meados de maio, caso as normas de segurança impostas pela DGS nesse período assim o permitam, em data a anunciar brevemente.

A edição de 2021 do Cultura em Expansão terá novamente o mecenato da Mota-Engil SGPS, Fundação Manuel António da Mota e Mota Gestão e Participações, SGPS, SA.

É possível acompanhar o projetoatravés do novo website, bem como, no Facebooke no Instagram.

FONTE. Porto.

Notícias relacionadas