Costa sublinha que aposta na ferrovia é “revolução no transporte de mercadorias”

Os primeiros comboios elétricos começaram a operar no dia 25 de abril na Linha do Minho, entre o Porto e Valença.

O primeiro-ministro, António Costa, destacou esta segunda-feira, na estação de Valença, a “prioridade” do Governo à modernização da ferrovia, “o maior investimento dos últimos 100 anos em Portugal”, considerando que essa aposta “é uma revolução no transporte de mercadorias”.

“A enorme revolução que aqui temos é mesmo no transporte de mercadorias porque, com o aumento da frequência e a duplicação da dimensão dos comboios, nós triplicamos nesta linha a capacidade de transporte de mercadorias”, afirmou o primeiro-ministro durante a cerimónia de inauguração da modernização do troço ferroviário entre Viana do Castelo e Valença.

A modernização do troço entre Nine e Valença representou um investimento de 86,4 milhões de euros, 67,9 milhões de euros comparticipados pela União Europeia e 18,5 milhões de euros de financiamento nacional.

Notícias relacionadas