Quatro detidos por furtos de catalisadores em Gaia e na Trofa

O Comando Territorial da Guarda Nacional Republicana do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Vila Nova de Gaia, deteve em flagrante três homens, com idades compreendidas entre os 30 e os 35 anos por furto de catalisador de um veículo, no concelho de Vila Nova de Gaia.

Através de uma ação de patrulhamento na freguesia de Pedroso, a GNR detetaram que os três homens evidenciavam um comportamento suspeito junto a uma viatura que estava estacionada.

Na sequência das diligências policiais,  conseguiram surpreender em flagrante os indivíduos no momento em que efetivavam o furto do catalisador do veículo, motivo que levou às suas detenções.

A ação permitiu ainda a apreensão de um catalisador, uma máquina rebarbadora, uma viatura e um par de luvas.

Os detidos, com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza e roubos na via pública, foram presentes a primeiro interrogatório, na sexta feira, no Tribunal de Instrução Criminal do Porto, onde lhes foram aplicadas as medidas de coação de apresentações periódicas nos postos policiais das respetivas áreas de residência.

Já no dia seguinte, sábado – 18 de junho, a GNR através do posto territorial da Trofa deteve outro indivíduo, de 28 anos, também por furto de catalisador.

“No âmbito de uma denúncia a dar conta de um alegado furto de catalisador com recurso a uma rebarbadora, os militares da GNR deslocaram-se de imediato para o local e encetaram diligências policiais tendo em vista localizar a viatura em que o suspeito circulava. No seguimento da ação, o suspeito foi localizado e, ao aperceber-se da presença da Guarda, colocou-se em fuga, tendo sido intercetado e detido.”, refere a GNR em comunicado.

Na detenção foi apreendido um catalisador, uma rebarbadora elétrica com bateria, uma viatura e um disco de corte.

O detido foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Santo Tirso.

Notícias relacionadas