Incêndio numa habitação em Rio Tinto faz um morto e um ferido grave

Uma pessoa morreu e outra ficou gravemente ferida em Rio Tinto, no concelho de Gondomar, na sequência de um incêndio numa habitação que deflagrou num quarto, indicou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto.

A ocorrência foi registada na Rua da Venda Nova, em Rio Tinto, às 11:49, e cerca das 14:00 “o fogo estava já extinto”, disse a fonte.

De acordo com o CDOS do Porto, do incêndio, “que começou num quarto”, resultou um morto e um ferido grave.

Contactado pela Lusa, o vice-presidente da Câmara Municipal de Gondomar, Luís Araújo, adiantou que as vítimas são duas mulheres.

A vítima mortal terá entre os 30 e 40 anos e a que sofreu ferimentos graves entre os 75 e 80 anos, tendo sido transportada para o Centro Hospitalar Universitário de São João, no Porto, revelou.

Foram ainda assistidos dois bombeiros, adiantou o CDOS.

Neste momento, e após a extinção do fogo, estão a ser verificadas as condições de segurança da habitação, dividida entre rés-do-chão e 1.º andar, adiantou o autarca.

Luís Araújo acrescentou que os moradores do rés-do-chão não vão ser realojados, ficando a residir temporariamente em casa de familiares.

A origem do incêndio é ainda desconhecida.

Para o local foram mobilizados meios dos Bombeiros Voluntários da Areosa/Rio Tinto, Gondomar e São Pedro da Cova, bem como a Ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Valongo e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital de São João, no Porto.

Somam-se meios do INEM, PSP, Proteção Civil de Gondomar e a UNIP (equipa de psicólogos) do Norte.

Por LUSA

Notícias relacionadas