Detido suspeito de atear fogo florestal em Mirandela

Um homem foi detido em Mirandela por suspeita de ter ateado um fogo numa área florestal, na noite de quinta-feira, naquele concelho do distrito de Bragança, divulgou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

Aquela polícia revela em comunicado, que o detido, de 55 anos, é suspeito de ter originado um incêndio florestal, “cerca das 21:50” de quinta-feira, que “consumiu área de mancha florestal constituída, maioritariamente, por mato e pinheiro bravo”.

De acordo com a PJ, “o incêndio colocou em perigo uma vasta mancha florestal e área agrícola, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção de populares e dos bombeiros”.

A identificação e detenção do presumível autor deste incêndio florestal foi feita pelo departamento de investigação criminal de Vila Real da PJ, com a colaboração do Núcleo de Proteção Ambiental de Mirandela da GNR.

O detido vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas, segundo ainda a PJ.

Notícias relacionadas