GNR encerra festa ilegal com 40 pessoas em Viana do Castelo

A GNR de Viana do Castelo encerrou uma festa ilegal com 40 pessoas que se realizava num armazém na passada segunda feira.

Em comunicado, a autoridade confirmou que se tratava de uma apropriação ilegal e um evento não autorizado com 40 pessoas entre os 20 e os 41 anos:

“Na sequência de uma denúncia a informar a existência de ocupação indevida numa propriedade privada, os militares da Guarda encetaram diligências que permitiram confirmar a realização de uma festa ilegal num armazém. De imediato, foi desencadeada uma ação policial que veio a confirmar a apropriação ilegal e o evento não autorizado, com 40 participantes, com idades compreendidas entre os 20 e os 41 anos”.

Um detido por tráfico de estupefacientes

Nesta ação, a GNR deteve um homem de 26 por tráfico de estupefacientes:

“Esta ação policial culminou com a detenção de um homem de 26 anos, por tráfico de estupefacientes, tendo sido identificados todos os cidadãos presentes no local por entrada e permanência no interior do referido armazém, sem consentimento do proprietário, por falta de licença nos termos do Código do Direito de Autor e dos Direitos Conexos e da licença especial de ruído.

No total, foi apreendido o seguinte material:

  • 35 pastilhas de anfetaminas;
  • 11,40 gramas de pó branco de anfetaminas;
  • Dois mil euros em dinheiro;
  • Três aparelhos eletrónicos;
  • Duas balanças de precisão digitais;
  • Vários sacos de pequena dimensão, usados vulgarmente para o acondicionamento em doses individuais de produtos estupefacientes.

O detido foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Viana do Castelo”.

Notícias relacionadas