Nova aplicação de telemóvel para utentes controlarem uso incorreto de medicamentos

Foi lançada em Portugal hoje, terça-feira, uma nova aplicação para telemóveis chamada “Terah”, que tem como missão alertar os utentes para o uso incorreto de medicamentos.

Segundo João Mota, Farmacêutico e fundador desta app, “a Terah assume-se como uma plataforma inovadora, que se pretende única no mercado nacional e internacional, e que assenta a sua vantagem competitiva num conjunto de valências reunidas num único suporte, à distância de um clique”.

A aplicação, na qual qualquer utilizador tem acesso à base de dados com todas as terapêuticas aprovadas pelo Infarmed – mais de 50 mil medicamentos – alerta para incompatibilidades entre prescrições terapêuticas, lembrar a hora da toma de medicação, garante o controlo do historial de dados clínicos e disponibiliza o acesso ao médico e outros profissionais de saúde sobre as terapêuticas do paciente.

“Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), estima-se que “50% dos utentes não efetua a toma dos medicamentos corretamente”, sendo que “10% dos internamentos se deva ao uso incorreto de medicamentos”, representando cerca de 8% da despesa a nível mundial, que pode ser evitada.

Para colmatar este problema de saúde pública, “a app Terah recorre à tecnologia loT e a um avançado conhecimento científico e farmacológico, para indicar as sobreposições e interações terapêuticas, as recomendações sobre as tomas, bem como alertar o utilizador para a toma da sua medicação no horário prescrito, potencializando assim a adesão e os efeitos terapêuticos”, lê-se na nota da empresa.

Notícias relacionadas