Mulher violada por soldados russos diz não querer viver mais

Mulher foi violada durante horas por dois soldados das tropas russas por ser casada com um militar ucraniano, segundo o seu relato à AFP. A vítima enviou os filhos para longe da sua casa na região de Kherson, no sul da Ucrânia, a 24 de fevereiro, correspondente ao primeiro dia da invasão. Já o seu marido, que luta há dois anos no leste da Ucrânia, foi enviado para a frente de batalha e esta ficou sozinha para organizar o transporte dos bens da família. A tragédia aconteceu a 3 de…

Ler mais

Filho de refugiada ucraniana nasce em Gaia e recebe nome português

Daniel foi o nome escolhido, pela mãe, uma refugiada ucraniana que fugiu para Portugal depois da invasão russa à Ucrânia, como forma de homenagear o país que os recebeu. O bebé nasceu há dois dias de parto normal, nas novas instalações do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho. Daria Sulokhina saiu da Ucrânia às 39 semanas de gestação, sem o seu marido, uma vez que este foi forçado a permanecer no país. A refugiada realçou que o filho foi recebido com todo o carinho e atenção dos profissionais de…

Ler mais