A tradição mantém-se, quadra de São João vai ter manjericos à venda

De acordo com o jornal Notícias ao Minuto, foi aprovado pela Câmara do Porto que a venda ambulante do famoso manjerico de São João, irá ter 30 lugares disponíveis para as candidaturas, a partir do dia 12 de Junho.

Para desgosto de todos os Portuenses e como já é sabido as Festas de São João, no inicio de Abril, foram canceladas devido a pandemia do Covid-19. Era um evento que trazia um grande aglomerado de pessoas à cidade e isso poderia colocar em risco a saúde pública, mas a autarquia achou por bem, manter presente alguma tradição que foi aprovada a decisão da venda ambulante de manjericos, de acordo com todas as normas de segurança pública.

As candidaturas irão decorrer a partir do dia 12 de Junho, no Gabinete do Munícipe, onde cada vendedor terá cinco dias úteis para efectuar a sua candidatura e só pode sugerir ocupar, no máximo, três locais.

No dia 15 de Junho, pelas 09:30h será realizado o sorteio, no estabelecimento da Polícia Municipal do Porto.

Para não causar tumultos e seguir-se todas as regras de funcionamento do espaço terão de se fazer marcações no Banco de Atendimento Virtual, ou então no Gabinete do Munícipe.

Os sítios disponíveis para as candidaturas da venda de manjerico são: Praça do Marquês – 1 lugar, Rua S. Filipe de Nery – 2 lugares, Rua das Carmelitas – 1 lugar, Rua de Júlio Dinis – 3 lugares, Alameda das Fontainhas – 3 lugares, Avenida de D. Carlos I (Passeio Alegre) – 3 lugares, Campo Mártires da Pátria – 1 lugar, Largo da Igreja de Paranhos – 1 lugar, Largo António Cálem – 4 lugares, Praça da Batalha – 3 lugares, Praça da República – 4 lugares, Praça Nove de Abril – 1 lugar, Praça do Exército Libertador – 1 lugar e Estação de S. Bento – 2 lugares .

De acordo com uma conferência de imprensa, da semana passada, Rui Moreira informou que não há qualquer entrave em relação a população celebrar o dia de São João, apesar de não se poder ter a festa tradicional, cada popular com os seus familiares e amigos podem-se juntar e passear pela cidade, com as devidas precauções.

Foto: Joaquim Araújo

Notícias relacionadas