DGS engana-se e dá informações para o São João no dia errado

Ontem pelas 10 horas da manhã, a DGS emitiu uma recomendação sobre os comportamentos que a população devia adotar, na festa de São João. Segundo o jornal Sábado, a Direção Geral de Saúde (DGS) emitiu, no dia 24 de junho, um comunicado de alerta para o dia de São João, onde sugeria que houvesse distanciamento físico e que este ano a festa celebrasse em casa. O problema foi que esta recomendação foi emitida no dia errado, então a Câmara do Porto e de Gaia após a publicação da DGS reagiu…

Ler mais

Metro do Porto vai ter sensores para detetar quem não pagou bilhete

O Metro do Porto vai testar um sistema de sensores para detetar quem não pagou bilhete, avança o Jornal de Notícias. Segundo a Hitachi Consulting, a empresa por detrás do projeto, os sensores vão “detetar ações, movimentos e direções dos utilizadores do serviço de transporte no seu percurso de acesso ao metro, sem invadir a privacidade”. Só não esclarece o que acontece se os sensores encontrarem um infrator. Por enquanto, este sistema-piloto, que funciona à base de inteligência artificial, vai ser instalado apenas na estação da Casa da Música, no Porto.…

Ler mais

Esta é a melhor freguesia do Grande Porto para se viver

Vila do Conde foi eleita a melhor freguesia para se viver do Grande Porto, de acordo com um estudo conduzido pelo Imovirtual. Das 36 avaliadas entre abril e setembro, esta freguesia foi a melhor classificada em fatores como ‘Limpeza’, ‘Qualidade do Ar’, ‘Acessos’ e ‘Segurança’. Atrás de Vila do Conde, estão as freguesias da Maia, Arcozelo, Matosinhos e Leça da Palmeira. Por outro lado, as freguesias com pior classificação Serzedo e Perosinho, Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo, Campanhã, Valongo e Fânzeres e São Pedro da Cova. Os três…

Ler mais

Queima das Fitas: A Polícia Judiciária descartou a existência de crimes de abuso sexual

A Polícia Judiciária descartou a existência de crimes de abuso sexual nos casos dos dois jovens filmados num autocarro, na Queima das Fitas do Porto, e das imagens de uma mulher seminua nos festejos académicos de Braga que circularam na Internet em maio passado. Em investigação continuam os crimes de gravação ilícita e devassa da vida privada, dado que os vídeos foram gravados e postos a circular sem autorização. Os autores ainda não foram identificados.

Ler mais