Instalou GPS no carro da mulher para fotografar os seus encontros

Perseguida e ameaçada de morte após o divórcio, uma mulher, de 48 anos, apresentou queixa contra o ex-companheiro, de 58, que instalou um localizador GPS no carro da vítima e a fotografou em vários locais. 

O agressor foi detido quinta-feira pela GNR, em Vila Nova de Gaia.

Durante a relação, os episódios de violência doméstica eram recorrentes e, após, a separação, o agressor continuou a perseguir a vítima e a ameaçá-la com uma arma de fogo. 

A GNR explica que, no âmbito dainvestigação, foram feitas duas buscas – à casa e ao carro do agressor – onde foram apreendidas duas pistolas, uma caçadeira, 121 munições de diversos calibres, um localizador GPS, uma máquina fotográfica de longo alcance, um tablet e dois telemóveis. 

Presente a tribunal,o homem ficou sujeito a termo de identidade e residência, proibido de compra e detenção de armas de fogo e igualmente proibido de contactar com a vítima. Em poucos dias, é o segundo caso em que um agressor usa GPS para controlar a ex-companheira. 

Dia 1 deste mês foi detido um homem, em Paredes, que também colocou o aparelho no carro da vítima.

Artigo Fonte: Correio da Manhã

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas