Redução de 50% para as rendas associadas aos comerciantes do setor do turismo

A proposta será apresentada na próxima segunda-feira em reunião de Executivo Municipal, sendo que a medida tem um impacto aproximado de 280 mil euros.

De acordo com o Portal de Notícias do Porto: de forma a atenuar os prejuízos causados pela pandemia Covid-19, o atual presidente da Câmara do Porto: Rui Moreira, visa uma redução de 50% nas rendas associadas a comerciantes instalados em edifícios municipais, que exerçam atividades relacionadas com o turismo.

A redução do valor da renda irá entrar em vigor desde 1 de outubro de 2020 a 31 de março de 2021, alcançando uma despesa de 279.260,49 euros, uma receita com a qual a Câmara do Porto deixará de contar.

O impacto da pandemia por Covid-19 já levou ao encerramento de algumas unidades do pequeno comércio, restaurantes, cafés, quiosques e outros estabelecimentos. No primeiro semestre de 2020, o número de dormidas em alojamentos turísticos no município diminuiu 66%, relativamente ao período de 2019.

Fonte: porto.pt

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas