António Costa anuncia o encerramento de todos os estabelecimentos de ensino

O primeiro ministro voltou a falar aos portugueses no início da tarde desta quinta-feira, para anunciar o encerramento de todos os estabelecimentos de ensino e alguns serviços públicos.

Com já algumas ideias do que ia acontecer, e com as igrejas a suspender as missas e outras atividades presenciais, António Costa comunicou o encerramento de estabelecimentos de ensino e de alguns serviços públicos, como lojas do cidadão. A interrupção letiva é válida pelos próximos 15 dias e as aulas perdidas serão repostas numa outra altura do calendário escolar. As escolhas de acolhimento para crianças com idade igual ou inferior a 12 casos, cujos pais têm de continuar a trabalhar, permanecerão abertas e os pais voltarão a ter apoios idênticos aos apoios recebidos na primeira fase da pandemia.

Os serviços públicos encerrados passam, ainda, pelo atendimento por marcação e pela suspensão de prazos de todos os processos considerados não urgentes nos tribunais.

Fonte: O Jogo

Notícias relacionadas