Detida com 37 quilos de ‘droga do Daesh’ no Aeroporto do Porto

Uma empregada de restauração desempregada foi detida pela Polícia Judiciária do Porto, com 37 quilos de Khat, no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na Maia.

A detida, estava de regresso a Portugal vinda de Joanesburgo, na África do Sul e na sua chegada a Autoridade Tributária e Aduaneira detetou duas malas com um produto de natureza vegetal. A PJ realizou diligências de despistagem e concluiu tratar-se de Khat, uma planta que transmite uma sensação de euforia e que era utilizada por terroristas do Daesh. 

A mulher já tinha antecedentes por crimes idênticos noutro país europeu e agora foi presente a primeiro interrogatório judicial.

Notícias relacionadas